Logotipo do Dia da Música

YANGOS

Instrumental, Jazz, World Music

Caxias do Sul, RS

Aceita tocar no país

Integrantes

  • César Casara - Teclado
  • Cristiano Klein - Percussão
  • Rafael Scoepl - Acordeão
  • Acordeão - Violão
  • Tomás Savaris - Baixo

Onde já tocou

_Semana Internacional da Música de São Paulo - SIM São Paulo 2016/ Showcase Diurno e Showcase Noturno - São Paulo/ Brasil.
_Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes 2016 - Tiradentes/Brasil
_Showcase Encontro M.A.T.E. 2016 - Música, Arte, Educação e Tecnologia - Porto Alegre/ Brasil.
_Festival Brasileiro de Música de Rua 2016 - Serra Gaúcha/ Brasil.
_Fiesta Nacional del Chamamé 2015 - Corrientes/ Argentina

Site do artista

Biografia

Brasil, Rio Grande do Sul, Serra Gaúcha, mais precisamente Caxias do Sul, terra da uva e do vinho, também território de profusões culturais. Este é o lugar onde surge YANGOS, banda instrumental que carrega forte influência da música de raiz sul-americana em diálogo com uma vibração jazzística. Em conexão com a musicalidade de que ultrapassa fronteiras e une os povos do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, YANGOS faz sua música para as pessoas.

Em constante processo de pesquisa musical, os temas compostos pela banda refletem vivências musicais distintas. YANGOS é formada pelo encontro de um pianista rockeiro, um percussionista tradicionalista, uma acordeonista fã de Astor Piazzolla e um violonista metaleiro, todos com um amor em comum: a música. Antropófagos da cultura sul-americana, território nativo da banda, os músicos são exímios devoradores de ritmos e gêneros musicais. Chamamé, zamba, rasguido, chacarera, tango, milonga são digeridos e processados, propondo a conexão entre o tradicional e o contemporâneo, comumente identificado como world music.

A força da conexão da personalidade dos músicos César Casara, Cristiano Klein, Rafael Scopel e Tomás Savaris, somado a mais de 10 anos de convivência e atuação ininterrupta, faz da união do piano, percussão, acordeon e violão um encontro potente, que ultrapassa fronteiras territoriais e subjetivas. A construção de maneira colaborativa flui em suas composições, que transitam pelo dançante e o virtuoso. Além disso, o choque da frialidade com a tropicalidade, característica comum à cultura sul-brasileira, é um dos atravessamentos que marcam a identidade sonora do quarteto.

Nestes período, YANGOS já lançou 3 discos e 1 dvd. Em 2009, nasceu o primeiro álbum, Tangos y Milongas. Mais tarde, com o lançamento de Às Pampas (2013), a banda afirmou seu lugar de diálogo entre o tradicional e contemporâneo, com um disco que é um verdadeiro passeio musical pelo sul latino-americano. Pampa: Pátria de Todos, cd e dvd, lançado em 2016 em parceria com o cantor argentino Dante Ramon Ledesma, foi aclamado pelo público gaúcho, e recebeu uma premiação e três indicações ao do Prêmio Açorianos de Música (Rio Grande do Sul). O quarto álbum, intitulado Chamamé, tem a produção musical do maestro da guitarra pampeana, Dom Lucio Yanel, será lançado no primeiro semestre de 2017.

Com apresentação nada protocolar e intensa, a musicalidade de YANGOS reverbera não apenas nas ondas sonoras, mas interpela a subjetividade do público, fortalecendo a ideia que música instrumental não tem fronteiras. Nesse caminho, a banda tem levado seu trabalho para mais diversos lugares, desde teatros, espaços públicos, feiras até grandes festivais. YANGOS segue em movimento, envolvida pelo hibridismo de ritmos sul-americanos com a adição de pitadas jazzísticas, fazendo música para as pessoas e potencializando a diversidade sonora do Brasil.

Ver mais

Shows

Ainda não há shows confirmados ou em negociação

Ver mais

Playlist do artista

Peleia

Romántica

Rasguido Serrano

Tarataratarataratatatá

Às Pampas

Labios Rojos

Botoneando Pelos Cantos

Orango Tango

Outras músicas: Embalo Nordestino, Chamamé Serrano, Bailando En Una Pata

Ver mais
×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ