Logotipo do Dia da Música

Marcelo Perdido

Alternativa, MPB, Pop

São Paulo, SP

Aceita tocar na própria cidade

Integrantes

  • Marcelo Perdido - Violão
  • Felipe Parra - Guitarra
  • Habacuque Lima - Guitarra
  • Rodrigo Caldas - Bateria
  • Tiago Archela - Baixo

Onde já tocou

SIM - Semana Internacional da Música (SP)
MIS - Museu da Imagem e Som (SP)
AudioRebel (RJ)
Virada Cultura (SP)
Café au Lait (Porto - Portugal)
Espaço Espelho D'água (Lisboa - Portugal)
CCSP, Puxadinho da Praça, Casa do Mancha, Praça Victor Civita, Centro Cultural Rio Verde (SP)

Site do artista

Biografia

Marcelo Perdido é Brasileiro mas morou em Portugal em 2016 onde escreveu seu terceiro disco, são canções para aqueles que se sentem perdidos. Cantautor que caminha do folk ao tropicalismo, letras metafóricas (hora eufóricas noutras melancólicas, bem coisa da dualidade característica de seu signo: Gemêos). Tem como proposta começar sua carreira compondo 4 discos (um ciclo), um disco para cada estação do ano.

Seu Primeiro trabalho "Lenhador", tinha canções outonais e foi produzido em Los Angeles por João Erbetta (Los Pirata/Jeneci) e em São Paulo por Felipe Parra, têm participações especiais de Laura Lavieri e o baterista americano Pete Curry.

O segundo disco: Inverno, que narra a relação do cantor com a cidade que vivia: São Paulo. Produzido e tocado novamente por João Erbetta, Inverno flerta com discos de Devendra Banhart e Sufjan Stevens, longe da sonoridade das bandas de rock, contou com a voz e sotaque do jovem uruguaio Gonzalo Deniz (Franny Glass), na canção "Tudo de bom".

Bicho, seu terceiro disco, traz a Primavera. Foi Produzido em Lisboa por Filipe Sambado, um dos grande nome da nova música Portuguesa. Fala de uma época politicamente dura e a necessidade de apesar de tudo florescer.

2018 chega com um disco de verão produzidos por grandes nomes da cena autoral e com participações de Letícia Novaes (Letrux), Laura Lavieri, Hélio Flanders.

Em 2014 foi apontado ao lado de SILVA, Apanhador Só e Lucas Santtana, como uma das grandes surpresas da nova música Brasileira pela revista Vogue Portugal. Já dividiu o palco com Marcelo Jeneci (quando foi vencedor do festival Clipes e Bandas) e tocou na Virada Cultural de 2015 e participou da (SIM) Semana Internacional de Música de São Paulo.

Conheça em:
marceloperdido.com.br

Ver mais

Shows

Ainda não há shows confirmados ou em negociação

Ver mais

Playlist do artista

Merda

Pendura

Muda

menina

Bicho

Passarinha

Calefação

meu maravilhoso amigo meu

Lição

Ver mais
×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ