Logotipo do Dia da Música

Atroça

Alternativa, Experimental, Pop

Camaragibe, PE

Aceita tocar no próprio estado

Integrantes

  • Davison Wescley - Baixo
  • Filipe Lima - Guitarra
  • Ivson Borges - Metais
  • Sérgio Francisco - Bateria
  • Uel Borges - Vocal

Onde já tocou

2012/2013/2014 – Carnaval Multicultural do Recife - PE / 2011- Ateliê da Barbearia – Olinda – PE / 2012 – Cultura Livre nas Feiras - FUNDARPE / 2010/2013 – FENEARC – Feira de Negócios do Artesanato de Camaragibe / 2011 – Projeto Bate Papo Musical na Livraria Saraiva – Shopping Center Recife / 2012 – Festival de Cultura e Arte da UPE no Pátio de São Pedro – Recife – PE / 2014 – Pocket Show 10 anos de Livraria Cultura Recife no Paço Alfândega – Recife – PE / 2014 – Festival Acorda Pra Cultura em Parque Capibaribe – São Lourenço da Mata – PE / 2014 – Pocket Show Livraria Cultura Recife no Paço Alfândega – Recife – PE / 2014 – 15 º TIPÓIA FESTIVAL em Tracunhaém – PE / 2014 – TEMOS PALCO - FUNARTE na Sala Nordeste - Minc – Recife – PE / 2015 – SPA das Artes – COLETIVO NOSSO! no Roda Café, Alfândega – Recife – PE / 2015 – II Polo Alternativo de Nazaré da Mata-PE / 2015 – MALABARISE na Praça de Camaragibe – Camaragibe – PE / 2015 – Trilha sonora do projeto de lançamento do livro: Zeppelin no Recife, 2015 dos autores: Jobson Figueiredo e Dirceu Marroquim Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=hh5vRVYsHyI&feature=youtu.be / 2015 – SESC no Arraial - SESC Santa Rita no Teatro Arraial Ariano Suassuna – Recife – PE / 2015 – Feira dos Negócios de Artesanato de Camaragibe - FENEARC / 2015 – LECID 2015 / UFRPE – Recife – PE / 2015 – MIMODIFIQUE no Pólo Ribeira – Olinda – PE / 2015 – 16º TIPÓIA FESTIVAL em Tracunhaém – PE / 2016 – Participou da edição nº 181 , JANEIRO, Revista CONTINENTE. Disponível: www.revistacontinente.com.br / 2016 – Rock na Calçada (Rua Tomazina) – Recife – PE / 2016 – Festival Absurdo Iluminado em São Vicente Férrer - PE / 2016 Festival Som na Arena, Arena PERNAMBUCO / 2017 Carnaval Multicultural de Pernambuco.

Site do artista

Biografia

Atroça alinha-se à música popular nordestina explicando sua sonoridade através da expressão frevo de repente rock. Uma brincadeira com as experimentações musicais que norteiam seu estilo. Em uma concepção mais clara, talvez se aproxime de um Frevo Alternativo, com guitarras de rock e percussões em drum bass. Seu repertório busca direcionar os olhares para um trabalho sólido e autoral, com apresentações que permitem olhares do universo poética cultural que nos cerca. Numa junção entre urbano e rural, a banda transcende a música regionalista trazendo reflexões sobre vários temas. São inevitáveis encontros e rupturas, releituras e experimentações sobre o cancionário nordestino. Assim, Atroça comunga com o histórico e busca, numa conjuntura estética, unir arte e literatura numa apresentação alicerçada na força da nossa cultura. Sua música se torna vanguardista, atemporal e contemporânea, lançando perspectivas sobre imagens inconstantes de um imaginário popular. São memórias e vivências das nossas origens cantadas, uma construção lúdica e mística. Nesse espetáculo, Atroça traz canções nascidas de contos, ficções e realidades rememoradas onde a imagem da La Ursa (expressão dos brinquedos populares com influência espanhola) propõe lembranças infantis e revê nosso patrimônio histórico cultural.

Ver mais
Ver mais

Playlist do artista

O dirigível Zeppelin

A freira e o paraibano

A ponte e o rio

Ver mais
×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ